Mensagens

A mostrar mensagens de 2018

Escolhe Tu! - um novo podcast

Imagem
Hoje é Dia do Cinema, e por isso pareceu-me uma efeméride bem apropriada para divulgar o meu novo projeto podcástico, feito a meias com o amigo Tiago Laranjo!

Escolhe Tu! é um programa em que dois amigos escolhem filmes, dos excelentes aos guilty pleasures, para proporcionar bons momentos de conversa descontraída, nada geek e sem filtro - o que gera ocasional parvoíce!

A partir da próxima segunda poderão acompanhar esta aventura em várias plataformas, numa produção da Rádio Autónoma.

Mais novidades nos próximos dias (sigam as nossas redes para ficarem a par)!

P.S. - Sim, é apenas com estes anúncios que o blog lá vai ressuscitando ocasionalmente - a quantidade de rascunhos aumenta a cada dia que passa, mas não há maneira de dedicar mais tempo a este espaço por agora... 

Take Me To The River (The Night of The Hunter)

Há muito tempo que eu queria fazer um videoclip para a versão da "Take Me To The River" pelos Talking Heads (o original é de Al Green) utilizando imagens de Night Of The Hunter, obra-prima do cinema que tem num certo rio uma das suas "personagens". Finalmente, e depois de muitas horas intensas a seleccionar planos e a montar o conjunto, eis o produto final. Estou muito feliz com o resultado, e espero que gostem!

Take Me To The River (The Night Of The Hunter) from Rui Alves de Sousa on Vimeo.

A sátira fica-vos tão bem

Imagem
Little Murders é a primeira de duas longas-metragens até hoje assinadas por Alan Arkin, célebre e prolífero actor norte-americano (porque não falamos mais dele neste nosso país à beira mar plantado?), escrita por Jules Feiffer a partir da sua peça homónima. Este talvez seja um dos filmes mais provocadores dos gloriosos anos 70 do cinema dos states, e que, com quase cinquenta anos de idade, ainda tem tanto para nos dizer. Elliot Gould, ator que estava a viver a sua "época d'oiro", é o protagonista de uma narrativa pontuada pelos medos e angústias da sociedade nova-iorquina, que vão desde os confrontos raciais à demais violência urbana, passando por apagões de eletricidade, o uso das armas e o exercício da paranóia coletiva (tão inerente ao cinema da época - é dela que extraímos alguns dos melhores filmes com esse tipo de "ambiente" - lembram-se de The Parallax View ou Three Days of The Condor?).  Esta comédia muito, muito negra (ou, em português para os mais inc…

Eu no Betamax

Imagem
E pronto, minhas senhoras e meus senhores! É desta que a Companhia regressa à séria! Ou será que não? Bem, já prometi tantas vezes ao grilo falante bloguista que vive dentro de mim que iria voltar a este estaminé com mais regularidade - veremos o que acontece! Mas os múltiplos artigos em rascunho já estão a pedir atenção há já algum tempo... 
Entretanto, tive a oportunidade de ir ao Betamax, o podcast sobre pérolas obscuras do cinema apresentado pelo António Araújo e pelo Tiago Laranjo - que foi convidado do meu À Beira do Abismo (vão ouvir tudo clicando na imagem que está aqui em baixo, à esquerda!) -, onde estivemos quase 2 horas e meia a falar sobre Repo Man e The Adventures of Buckaroo Banzai Across the 8th Dimension. O episódio, o oitavo da série, foi sugestivamente intitulado "À Espera da Nave-Mãe". Podem ouvir neste link, ou então no iTunes.
Nunca pensei que houvesse tanta coisa a dizer sobre estes filmes, mas aqui fica a prova gravada! Depois, é ir fazer like à pági…

Eu no blog Books on Cinema

Imagem
O Duarte Mata convidou-me para escrever no blog dele, onde vai partilhando livros essenciais que qualquer cinéfilo que se preze deve conhecer. Eu escolhi a autobiografia de um dos meus heróis, um livro que não é bem um guia técnico sobre os seus filmes, mas um conjunto de histórias mais ou menos caricatas do seu percurso e da sua carreira. O textinho, como é meu apanágio, saiu assim meio desajeitado (e sendo em inglês, fez-me lembrar aquela experiência falhada que foi o blog escrito nessa língua que criei há uns anos), mas só espero que vos dê vontade de ir ler o livrinho. É ir ler o artigo AQUI.

Eu no Prestes A Ver

Enquanto o À Beira do Abismo vai de vento em popa (saiu o 24.º episódio saiu no passado sábado) e este blog está nas ruas da amargura (e as promessas de uma possível ressurreição vão sendo adiadas e adiadas), continuo a fazer algumas coisas bonitas noutros sítios. Uma delas foi esta: o Daniel Reifferscheid é o autor do Prestes A Ver, um dos melhores podcasts que andam por aí, onde em cada episódio se fala de um filme português diferente. Tive a honra de ser o convidado deste 23.° episódio, e depois de dar algumas sugestões, escolhemos analisar o "Sem Sombra de Pecado", do José Fonseca e Costa que tem muito que se lhe diga. Podem espreitar a conversa no link.

Nasceu a Má Educação!

Imagem
Há uns meses, num daqueles acessos de fúria contra a estupidez nas redes sociais e a falta de interesse de muito do que é popular sem motivo, tive a ideia de fazer um novo blog que fugisse completamente aos ditames da realidade veloz das postagens sem conteúdo, dos youtubers trendy de inteligência nula, do estado decadente da blogosfera, dominado por marcas e não por pessoas com alguma coisa interessante para dizer.
Por isso, convidei uma série de amigos com muito talento e disse-lhes apenas: escrevam o que vos apetecer. Sem censuras além da óbvia (impedir textos feitos com ódio) ou limites de caracteres.
Assim surgiu a MÁ EDUCAÇÃO. Um espaço de ideias sem linha editorial que, a cada domingo, revelará um texto completamente diferente do anterior. Haverá opinião e ficção, num blog que quer estimular apenas a criatividade sem qualquer constrangimento.
O primeiro texto saiu ontem, e serve para eu apresentar o blog. Espero que gostem e que sejam surpreendidos pelas coisas bonitas que …