quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

O Caso Spotlight (Spotlight) [2015]


Na sombra dos grandes filmes do género, “O Caso Spotlight” é a reconstituição de um furo jornalístico marcante do século XXI, e a análise de um tema delicado e polémico que continua a ser preocupante na atualidade.

Poucos meses antes dos atentados às Torres Gémeas, a Spotlight (equipa do jornal The Boston Globe especializada em grandes investigações e reportagens, e que ainda hoje se mantém ativa) começa a explorar um tema obscuro para os media, mas que está presente na cidade há décadas. Muitos sabiam e quiseram negar a verdade. Outros tentaram falar com jornalistas, mas foram desprezados. Agora, há demasiadas provas e testemunhas. Ninguém pode passar ao lado de um problema que, tantos anos depois, ainda enche primeiras páginas em todo o mundo. 

O Caso Spotlight é a construção do percurso de uma notícia, desde as investigações até à sua publicação, mais as repercussões da mesma e a sua propagação social e mediática. A Spotlight não teme as pressões do poder e das instituições, e decide atacar um alvo chocantemente global: a Igreja Católica e os casos de pedofilia, que passaram incólumes durante décadas pela parte das autoridades, das famílias das crianças que sofreram abusos, e dos próprios jornalistas. Nunca vemos a imprensa a ser tratada como se de uma divindade se tratasse (porque o erro foi também de todos aqueles que poderiam antes ter desmascarado estes sucessivos crimes, mas que não quiseram), mas são estes jornalistas que decidem pôr mãos à obra, e publicar factos chocantes que mudaram a sociedade contemporânea – e estão sempre a surgir novidades…

Voltei à Máquina de Escrever com mais regularidade. A crítica integral pode ser lida aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).