quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Whiplash - Nos Limites [2014]


‘Whiplash – Nos Limites’ é um olhar distinto e imaginativo sobre o mundo da música e dos seus bastidores. 

Uma das boas surpresas de janeiro encontra-se num filme que tinha tudo para ser banal e passar despercebido. Whiplash – Nos Limites consegue ser muito mais do que uma história sobre a relação entre um rapaz aspirante a baterista profissional, e o seu inescrupuloso mentor, um especialista na matéria que utiliza métodos muito pouco ortodoxos (e excessivamente violentos, acrescentamos) para incutir vários ensinamentos profissionais no seu grupo muito seleto de estudantes. É uma jornada única, que envolve o choque entre duas pessoas em tudo diferentes, mas que estão ligadas por algo em comum: uma gigantesca paixão pela música, que os move e faz pulsar, constantemente. Tanto para o bem, como para o mal.

Leiam a crítica integral na Máquina de Escrever.

1 comentário:

  1. "Whiplash - Nos Limites" é um filme que me agradou bastante e recomendo que o vejam e a realização, o argumento e o elenco desta película cativaram-me.
    "Whiplash - Nos Limites" demonstra que para sermos os melhores em algo que amamos temos de nos esforçar, temos de nos pressionar e temos de ir ao limite e é bem representado no filme.
    4*
    Está convidado(a) a ler a análise completa em: http://osfilmesdefredericodaniel.blogspot.pt/2015/03/whiplash-nos-limites.html
    Cumprimentos, Frederico Daniel.

    ResponderEliminar

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).