quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Blackhat: Ameaça na Rede [2015]


Confronto de piratas num mundo cibernético e desumano 

‘Blackhat – Ameaça na Rede’ é um filme de ação sobre um tema cada vez mais presente no nosso quotidiano. Mas se enquadrarmos na filmografia de Michael Mann, não passa de uma desilusão. 

Um dos realizadores de culto do cinema americano regressa com Blackhat – Ameaça na Rede filme que, como o nome sugere, lida com o mundo cibernético. Ao contar a história de um hacker que é contratado para impedir as ações de um Blackhat (ou por outras palavras, um pirata informático que tem intenções terroristas), somos confrontados com o poder da internet. O tema não está trabalhado da maneira mais singular, uma vez que haveria por aí outros casos bem mais interessantes se a ideia era aprofundar a exploração dos efeitos perigosos, quase fatais, que a web pode envolver nas nossas atitudes e relações neste nosso mundo contemporâneo.

Leiam a crítica integral na Máquina de Escrever.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).