Filmes em 60 segundos: A Noite Americana (La Nuit Américaine) [1973]


Um falso documentário sobre as rodagens de um filme: é o que François Truffaut constrói (e interpreta) em «A Noite Americana», interessante mosaico de personagens que interagem umas com as outras, numa série de vinhetas desconcertantes que nos mostram a multiplicidade de problemas, afectos e confusões que rodeiam os bastidores de uma produção de estúdio, “artificial” e ridiculamente dispendiosa e luxuosa, que contraria totalmente as intenções da Nova Vaga da qual o cineasta foi um dos protagonistas. Narrativa com diversas preocupações, tanto estéticas quanto filosóficas, é também uma crítica satírica ao lado industrial do Cinema, que se eleva graças a uma série de magníficos desempenhos e a um sentido cinéfilo apurado e pelas variadas experimentações técnicas que são feitas (algumas mais bem sucedidas do que outras). É talvez o único filme que consegue captar realmente o espírito e o stress de um ambiente típico (e atribulado) deste tipo de filmagens.

★ ★ ★

Comentários