domingo, 28 de setembro de 2014

Gata em Telhado de Zinco Quente: uma sociedade falsificada em rota de colisão


Depois de ter noticiado, há mais de um mês, que este clássico de Tennessee Williams iria chegar em setembro ao CCB, tive a oportunidade de ir ver o espectáculo na passada sexta feira. Uma encenação sublime de Jorge Silva Melo, que está em cena até dia 30 em Lisboa, e que depois partirá para outras zonas do país, numa digressão que se prolongará até ao próximo ano: «Gata em Telhado de Zinco Quente» é uma belíssima revisitação de um clássico do século XX, que continua a fazer sentido nos nossos dias – e talvez esteja hoje mais atual do que nunca. Uma produção da Artistas Unidos, sobre a qual escrevi uma análise no Espalha Factos, que pode ser lida aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).