sábado, 12 de julho de 2014

Livros VS Filmes #1 - O PROCESSO


O LIVRO 
A obra incontornável de Franz Kafka é uma intemporal reflexão sobre a condição humana face à burocracia da sociedade e do mundo em que vivemos. É a história de Josef K., um homem que acorda numa manhã e é acusado de um crime cujas circunstâncias não lhe são reveladas. K. luta pela sua inocência no meio de um processo longo, demorado e caótico, que nos leva numa viagem profunda até ao lado menos humano da Humanidade, contrapondo os acontecimentos estranhos e até surreais que acontecem ao protagonista com o estado do mundo em que vivemos, dominado pela Ordem do Poder. 

O FILME 
A adaptação de Orson Welles tem Anthony Perkins como protagonista, numa desconstrução relevante e brilhante da história de Kafka. Através de um visual grandioso, sufocante e atribulado, a forma como a história é recriada dá ao filme um respeito tão grande como o da obra literária. Acompanhamos K. na sua longa jornada de auto-descoberta, maior do que a vida e até do que o próprio Cinema, num mundo burocraticamente desumano. Filmado com meios limitados, mas uma imaginação insuperável, este «Processo» capta o espectador de uma forma dinâmica, não perdendo nada da essência kafkiana - mas investindo também noutros caminhos criativos. 

O VEREDICTO: ambos se recomendam vivamente!

Esta é a primeira edição de uma rubrica que comecei ontem a escrever para a página do facebook CulturArt. Um novo número destes pequenos "combates" entre livros e suas adaptações vai sair sempre de 15 em 15 dias nessa dita página, e depois postada aqui no blog para memória futura.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).