quarta-feira, 25 de junho de 2014

“Hollywood, tens cá disto?”: A Culpa (1981)


O maestro, compositor e pianista António Victorino d’Almeida é também uma das figuras mais mediáticas da televisão portuguesa, tendo apresentado e conduzido diversos programas que se dedicaram à divulgação da cultura e, mais propriamente, da música erudita, em “aulas” que se tornaram num marco para gerações de espectadores. Mas o talento de Victorino d’Almeida espalha-se também noutras vertentes: escreve romances (o mais popular é o primeiro, Coca-Cola Killer) e ainda deu um saltinho para o Cinema, realizando o seu próprio filme: A Culpa, uma das sátiras mais divertidas do Cinema Português – mas infelizmente, uma das menos vistas e divulgadas (nunca houve uma edição para home video, e raramente foi exibida na televisão), apesar de ter sido uma fita premiada (recebeu grandes elogios no Festival Iberoamericano do cinema de Huelva e ainda passou pela Berlinale).

Um filme raro em análise numa nova edição da rubrica «Hollywood, tens cá disto?», no Espalha Factos!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).