quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Filmes em 60 segundos: A Regra do Jogo (La Règle du Jeu) [1939]


Jean Renoir descreveu a estreia de «A Regra do Jogo» como uma autêntica “bofetada”. Mas se a princípio foi incompreendido, com o passar dos anos esta obra foi redescoberta, e hoje, é um dos grandes tesouros do Cinema. Uma comédia sarcástica de costumes e de sátira de estratos sociais, e um drama psicológico sobre a fragilidade e a mutabilidade da condição humana, que Renoir dirige num cenário com o seu quê de burlesco e de sedutor, onde as personagens se revelam nas suas qualidades e defeitos (e não é o “status” que pode apagar as críticas que se podem fazer a este grupo decadente de indivíduos e de situações cómicas, trágicas e filosóficas), nas quais o espectador revê o mundo que o rodeia e as máscaras que fazem a nossa posição perante os outros, no grande jogo que é a vida. Uma obra prima cuja crítica faz sentido ainda hoje.

★ ★ ★ ★ ★ 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).