Filmes em 60 segundos: Zona de Perigo (The Dead Zone) [1983]


Stephen King, Christopher Walken e David Cronenberg. A junção destes três artistas poderia ter dado outra finalidade, mas daqui saiu «Zona de Perigo», um filme onde a realidade se cruza com o sobrenatural, acompanhado pela arrepiante música de Michael Kamen. A fórmula narrativa parece banal no início, mas depois há muito para descobrir no filme, quando a anormalidade surge no desenrolar da trama. E mesmo que as performances sejam um pouco exageradas (aqui Walken é em certos momentos um notável “overactor”), e tendo diálogos e sub-plots com alguns clichés, «The Dead Zone» não consegue ser um filme banal, pela sua atmosfera e pela mística que carrega, onde o paranormal acaba por se confundir também com a política (com o grande Martin Sheen a desempenhar brilhantemente o político da fita). Um filme com muito espírito e essência pura dos anos 80, grandes doses de mistério e uma soberba realização de Cronenberg.

★ ★ ★


P.S - devido ao nome anterior desta rubrica, «Em 150 palavras», ser acidentalmente idêntico ao de uma iniciativa do site Laboratório de Séries (como me indicou por mail o seu administrador, a quem novamente agradeço a chamada de atenção), alterei o nome destas pequenas postadas de pescada sobre Cinema. Todo o conteúdo destas mini-críticas mantém-se idêntico aos anteriores posts pertencentes a esta rubrica.

Comentários