O "meu" filme

Sempre que me perguntaram até hoje qual "o" filme da minha vida, eu tinha sempre dificuldade em limitar a minha resposta a um título. Mas andei enganado por muito tempo, porque eu tenho um filme que é mesmo "aquele", para mim. Uma obra extraordinária que, logo no primeiro visionamento, me causou um impacto que nunca tinha sentido antes nem nunca voltei a sentir até hoje.

Sim, eu vejo muitos filmes excelentes, inovadores, poéticos e inacreditáveis. Mas o "Era Uma Vez na América" continua a ser "aquele" filme. E logo atrás dele tenho uma dezena de outros filmes que fazem parte de mim de uma maneira mais importante, mas este é o número 1. Tenho a certeza. 
 
 

Comentários