sexta-feira, 26 de abril de 2013

The Newsroom e a criação das notícias


Uma série que tem suscitado um grande interesse da minha parte, e que tenho andado a papar nas últimas semanas, é «The Newsroom», a nova série da autoria desse genial argumentista que é Aaron Sorkin («A Rede Social» de David Fincher, a série «The West Wing» protagonizada por Martin Sheen, entre tantos outros trabalhos emblemáticos). Protagonizado em grande por Jeff Daniels, no papel de Will McAvoy, um locutor de telejornal stressado, agressivo, chato, e muito inteligente e muito talentoso, a série pega em acontecimentos reais, em notícias que abalaram o Mundo num passado muito recente, para dar a visão de como é que uma redação televisiva de notícias trata desses temas: a forma como os expõe, o timing que escolhe para o fazer, a exploração dos pormenores dos acontecimentos, etc. «The Newsroom» tem diálogos à boa maneira de Sorkin: grandes, complexos, inteligentes e proferidos a uma velocidade estonteante, mas a que é impossível não ficar agarrado. Uma série desconcertante, que nos mostra como, numa era tão digital e tecnológica, a informação circula de uma forma que devia ser melhor analisada, dada toda a "máquina" que trabalha atrás dela. Com excelentes interpretações e uma realização prodigiosa, «The Newsroom» é um projeto do conceituado canal de cabo HBO, que continua a somar pontos com séries inovadoras e populares, sem por isso terem de ser "pipoqueiras" ou estereotipadas. Uma grande série, sem dúvida uma das melhores, em exibição, na atualidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).