sexta-feira, 5 de abril de 2013

Mo Yan e as Mudanças da China


«Mudanças» é uma pequena autobiografia, disfarçada de romance, do autor Mo Yan, galardoado com o Prémio Nobel da Literatura no ano de 2012. Um olhar interessante e discreto à vida do escritor e, ao mesmo tempo, às mudanças sociais e culturais que testemunhou na China enquanto passou por diversos trabalhos e por muitas e diferentes experiências de vida. Contado na primeira pessoa, como se fosse uma memória falada em monólogo por Mo Yan, tomamos conhecimento das pessoas que mais marcaram a sua vida, os seus amigos, os seus familiares, e também de todas as coisas que viveu e que tornaram a sua pessoa   como é hoje, algo que influenciou a sua escrita, louvada com grande aclamação pela Academia Sueca dos Nobel. Um livrinho interessante, com uma escrita peculiar e que, a meu ver, revela algumas partes menos conhecidas do grande público da cultura chinesa e de tudo o que a envolve. Uma obra divertida, reflexiva e que, em certas partes, se adequa à realidade portuguesa, «Mudanças» é uma surpresa pela maneira entusiasmante como a realidade é descrita, e pelo historial complexo de vida de Mo Yan. Se não fossem todos estes acontecimentos, o escritor não seria nada igual ao que é...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).