Gato Fedorento - 10 anos



No dia 23 passaram-se 10 anos sobre a criação do grupo Gato Fedorento. É sem dúvida o grupo de comédia português mais conhecido da atualidade, e mesmo que já não estejam no ativo há algum tempo (apesar de já existirem rumores de um provável regresso ainda este ano) continuam a ter uma grande influência. 
Eu tive oportunidade de conhecer este grupo pouco tempo depois de ter sido criado, antes de se ter tornado num fenómeno totalmente conhecido de todos. Vi alguns sketches da Radical e, mesmo não percebendo algumas coisas (era miúdo, tinha uns nove anos), foi como se tivesse descoberto a pólvora. Adorei aquilo, e a minha vida nunca mais foi a mesma. Os Gato foram a minha primeira séria influência humorística, e ainda hoje vejo e revejo os programas da série original (e também dos programas que, depois, eles fizeram na RTP e na SIC - mas o Gato é o Gato) e continuo sempre a rir-me de todo aquele universo patético, idiota, e com grande atenção para a linguística e para as manias da língua portuguesa. Eles são os maiores, e mesmo que tenham preferido fazer, nestes últimos anos, só anúncios para o MEO, são por sketches como este (que foi feito antes de haver Gato e só com o RAP e o ZDQ) que eu gosto de os lembrar. Ainda os imito constantemente (ainda no ano passado numa iniciativa do Teatro lá para a escola) e estimo-os como sempre os estimei. São Grandes!

- Não pode.
- Palavra.
- Não pode.
- 'Tou-lhe a dizer!

Comentários

  1. ...já não me lembrava deste! Fez-me recordar e rir, o que é sempre bom!!! Também concordo que são Grandes:)

    - Não pode.
    - Palavra.
    - Não pode.
    - ?Tou-lhe a dizer!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E isto foi ainda antes de haver Gato Fedorento, mas já estavam aqui as bases para o que iria ser! :)

      Eliminar
    2. Pois! E tenho bem saudades dos Gato. Nos tempos que correm acho que poderiam ser bem oportunos e divertidos... E fazer-nos rir que bem precisamos. Eles conseguiam realmente fazê-lo de uma forma simples e compreensiva, mas muito bem elaborada. Ficamos à espera. Obrigada.

      Eliminar
    3. Vamos a ver, diz-se que eles podem voltar este ano! :)

      Eliminar

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).