sexta-feira, 20 de julho de 2012

"Senhores Telespetadores"...

Já era hábito, ao longo dos últimos anos, o meu Pai reunir a família para ver o programa do Professor José Hermano Saraiva. Ao domingo, depois ao sábado, sempre a trocar de horários, mas nós tentávamos sempre ver, sempre que podíamos. E agora, com as repetições da RTP Memória, ainda podemos apanhar muitas vezes os programas desse Grande Senhor da Televisão e da Cultura Portuguesa, que hoje, com grande pesar, partiu deste mundo.
É uma grande perda. Já não há tantos comunicadores com a humanidade de José Hermano Saraiva, contador da História de Portugal, sem necessitar de teleponto, e falando com a maior sinceridade e humildade para os seus "senhores telespetadores" (o famoso dito com que o Professor iniciava os seus programas), investigando todos os meandros da cultura portuguesa e suas figuras. José Hermano Saraiva é uma figura incontornável, que já deixou também o seu lugar na História de Portugal, esse Portugal do qual falava nos seus livros e na caixa mágica, onde fazia diversos programas didáticos e de qualidade que marcaram a própria forma de se fazer televisão no nosso país e que são, sem dúvida, a melhor definição para compreender o termo "serviço público". O visionamento dos seus programas cativa para a aprendizagem de História de uma maneira diferente, e um programa como o de José Hermano Saraiva, vai fazer falta daqui para a frente.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).