sábado, 16 de junho de 2012

Forrest Gump


Forrest Gump é daquelas personagens icónicas e exemplares que todos gostaríamos de conhecer e que fossem reais, devido à sua simplicidade, humildade e humanidade, que nos toca no coração de uma maneira incrível. O filme homónimo, que mistura, de uma maneira perfeita, a ficção e a realidade (vemos Forrest a conhecer John F.Kennedy, John Lennon... e até, segundo o filme, o próprio Elvis Presley deveu a sua popularidade a esta personagem!). 
Forrest Gump é como os heróis da juventude do antigamente: pouco preocupado com o visual, fiel aos seus amigos, simples e corajoso, enfim, é um exemplo para todos os seres humanos, e uma amostra de que, se este homem consegue ter uma perspetiva tão positiva das coisas, porque é que nós não poderemos tê-la também?
Robert Zemeckis, realizador da super-famosa trilogia «Regresso ao Futuro», triunfou nos Oscares com «Forrest Gump», num épico americano que, além de enaltecer os grandes valores morais e sociais que a humanidade por vezes, tende a esquecer, é um grande filme, que se tornou num dos maiores ícones cinematográficos americanos dos últimos anos, e num dos filmes mais marcantes das mais variadas gerações. Eu já não via o filme há uns bons anos, mas recordava-me de muita coisa. E continuei a adorar o filme, depois de o ter visto novamente. E penso que o continuarei a adorar quando o voltar a ver, um dia destes. «Forrest Gump» é um filme muito bem feito e inesquecível, e que nos ensinou muitas coisas. Mas a mais famosa, é que a vida é como uma caixa de chocolates...

Nota: * * * *

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).