segunda-feira, 5 de março de 2012

Regresso às leituras

O último mês e meio foi preenchido, em termos de leituras, por um único livro: «A cidade e as serras», de Eça de Queirós, o que me tirou tempo para ler outros livros que me interessavam, mas como este é um livro que estou a dar na escola e acho que se deve ler com calma e perceber-se mesmo o que está a ler, fui lendo aos poucos, não fosse escapar qualquer pormenorzinho. E depois disto, agora sei que me esqueci de uma data de pormenores. Como é que querem que me lembre das descrições do Eça de Tormes ou do 202?

Sei do essencial: esta história é um clássico. Um clássico que não consigo estar a classificar. Não é que tenha gostado demais ou de menos do livro para não lhe conseguir atribuir uma nota, mas é que livros como este, que já estão tão embrenhados na nossa sociedade, não têm valor classificável. Aconselho a sua leitura. Não foi um livro que me marcou consideravelmente, mas apreciei o estilo crítico de Eça e a forma irónica e satírica como faz muitas das suas descrições.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).