quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Diz que os marretas são adoradores de Estaline

A direita conservadora americana parece que gosta de, de vez em quando, dar o ar da sua graça, ao insultar ícones do cinema e da cultura com as suas teorias de que tudo à sua volta é esquerdista, como se ainda estivessemos na caça ao comunista que reinou nos EUA no século XX.

Agora, os republicanos voltaram a atacar, afirmando que, após terem insinuado «Happy feet 2», «Cars 2» e «Wall-E», neste momento a vítima foi a mítica criação de Jim Henson e o filme que retomou o antigo franchise, os Marretas, que foram acusados pelas mesmas razões dos antigos alvos que referi, de serem incentivadores ao comunismo e ao marxismo.

Caramba! Têm de ver Karl Marx e o Lenine e o Engels e o Trotski por todo o lado? Não têm mais nada que fazer?

Mas... se isto tivesse algum ponto de verdade, o sapo Cocas estaria neste momento a afirmar «Bolas! Descobriram-nos a careca! Camaradas, vamos para Cuba! Pelo menos aí se calhar somos elogiados!»

E pronto. Foi giro não foi, este pequeno comentário à situação que as pobres marionetas americanas estão a passar? Foi giro, foi. Agora vou fechar isto, antes que alguém me chame comunista também.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).