Balas sobre a Broadway

A grande imaginação e o humor genial de Woody Allen estão bem patentes em «Balas sobre a Broadway», um dos filmes mais famosos e aclamados do comediante americano. A fita passa-se nos anos 20, tendo como pano de fundo uma América dominada pela máfia e pelos seus interesses, com muita corrupção e assassínios à mistura. No meio de tudo isto, surge um autor de peças de teatro (John Cusack) que pretende que a sua nova obra seja um grande êxito (ao contrário das suas antecessoras). Mas para levar a sua peça para os palcos da Broadway, esta personagem só o conseguirá graças ao seu novo mecenas, um dos grandes líderes da máfia local, que o obriga a colocar a sua namorada num dos papéis da peça, embora ela seja péssima a representar (e ela, claro, não acha isso). Para ir aos ensaios a dita cuja é obrigada a ser vigiada pelo seu guarda-costas, que mais tarde irá ajudar o autor da peça a melhorá-la e tornando-se também ele o seu autor. Este filme é muito divertido, e dos poucos que vi do Woody Allen até hoje, é dos que gosto mais, juntamente com «Annie Hall» e «Meia noite em Paris». Um filme muito recomendável, hilariante, bem representado e escrito.

Nota: * * * * 1/2

Comentários