Como não tenho mais nada de útil para fazer fui refazer a minha vida...

... por escrito. Por isso, se quiserem ler literatura da má, para não variar dessas coisitas que andam a ler nos facebooks dos vossoas amiguinhos, espreitem a minha vidinha, contada em menos de meia dúzia de parágrafos. Também não era preciso mais que isso.

Basta clicarem nesse espaço por baixo do título do blog, com o nome «Sobre a minha pessoa».

Comentários