BTTF 1

Roads? Where We're Going We Don't Need Roads.

«Regresso ao futuro» é simplesmente fantástico. Se antes de ver o filme estava com algum receio de que não o achasse com a mesma magia com que o vi há uns anos, voltei a adorar e a idolatrar o filme. Só o vi umas três vezes em toda a minha vida, mas é um dos meus filmes favoritos, sem precisar de ser uma obra-prima cinematográfica. Não precisa de o ser porque contém tudo lá dentro: comédia, aventura, uma grande história... e tudo isto numa grande mistura que a ela muito se igualam os primeiros filmes de Indiana Jones e a recente adaptação das aventuras de Tintin por Spielberg. O filme foi marcante para mim porque, pela primeira vez, tomei contacto com um mundo cinematográfico mais virado para a ficção científica, que gostei! Hoje em dia na minha cabeça andam passagens e momentos do filme, para aproveitar algum momento em que seja conveniente utilizá-las, e gosto sempre de saber coisas novas sobre os atores, as filmagens, etc. Mas além de todos os temas que o filme aborda, acho que o que mais me fascina é a amizade entre Marty McFly e Doc Brown. Aqueles momentos em que ambos se estão a despedir, caramba! Que emoção! Além da intrincada história que nos leva a descobrir vários pormenores novos a cada revisionamento da fita, que acho algo muito interessante e muito difícil de conseguir.
A minha intenção era escrever um texto todo bonito e tal, mas acabou por me sair esta coisa. Mas queria apenas dizer que vale muito a pena ver ou rever «Regresso ao futuro», pelo menos o primeiro filme. Os outros dois logo se verá (achei-os bons quando os vi, mas não tão bons como este).

Nota: ****1/2

Comentários