terça-feira, 4 de outubro de 2011


Espantoso.
Incrível.
De fazer uma pessoa ficar de boca aberta após ter acabado de ver.
Adorei «Pulp Fiction» de uma ponta à outra e tornou-se num dos meus filmes favoritos. Cheio de cenas memoráveis, com um argumento, realização e elenco de se tirar o chapéu! Três histórias que se ligam de uma maneira surpreendente, que agarram o espetador à cadeira, ou ao sofá, ou lá o que seja, num filme que mereceu e bem a Palma de Ouro e que se tornou num grande marco dos anos 90. Não consigo escrever/engonhar mais do que este parágrafo porque este foi daqueles filmes que me deixou sem nada para dizer.
Uma obra-prima absoluta.

Nota: *****

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).