sexta-feira, 9 de setembro de 2011

O fim de Bean

Não percebo porque é que, de repente, voltou à baila o facto de o desastrado personagem Mr Bean, interpretado pelo génio da comédia inglesa Rowan Atkinson, nunca mais voltar com peripécias novas, para todo o sempre. Acho que era algo que já se sabia há muito. Pelo menos, eu já sabia desde que saiu o último filme.
Eu sempre fui um grande fã do Mr Bean, é das maiores memórias que tenho de infãncia. É como se aquele senhor já fizesse parte da família desde sempre. E ontem, ao ver um excerto de sketches da série de TV na RTP1, não pude deixar de dar umas gargalhadas.
Gostava da série, que ainda hoje a RTP faz favor de repetir inúmeras vezes, assim como do primeiro filme, que vejo sempre que passa na TV, e do segundo filme, que tem um estilo mais Jacques Tati por não recorrer ao diálogo, como na primeira fita.
Rowan Atkinson disse que não iria voltar com a personagem por estar velho. Só isto. Acho também que muitos fãs dele começaram a dizer que ele já estava a decair quando o segundo filme estreou. Outros, pelo que tenho lido na internet, acham que por Atkinson se ter dedicado mais ao humor físico com o Mr Bean e com o mais recente Johnny English (vai estrear o segundo filme desta personagem este ano), deixando de lado a comédia do género «Black Adder» (de que sou muito apreciador).
Opiniões são opiniões, e a minha é que Atkinson é um génio absoluto da comédia mundial. Um actor versátil e muito engraçado, que continuará a ser importante nos próximos anos.
Aqui fica um excerto do primeiro episódio da série de Mr Bean, para recordar a mítica personagem.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).