sábado, 24 de setembro de 2011

Hair cut

Amanhã (aliás hoje, porque isto, a brincar a brincar, já são meia-noite e tais) vou cortar o cabelo. Rapar, mais propriamente. E a razão? Não me sinto bem como cabelo assim. Sinceramente, gosto dele curtinho. Dá menos trabalho, e assim, como eu não costumo secar muito cabelo, ja não fico com aquela sensação de desconforto de cabelo molhado. Sim, eu estou a escrever um post sobre um corte de cabelo. Já que se escreve sobre tudo... O cabelo assim fica mais curtinho, e dá mais jeito para tudo. Então se eu deixar crescer a barba, ainda me confundem com um dealer qualquer ou coisa do género... É que às vezes já me disseram que tenho vinte anos e coisas desse género. Um disfarce pode calhar sempre. AHAHAHAH (riso maquiavelicamente maquiavélico).




OK, agora vou estoirar mais os meus miolos a ver um filme ou a ler um livro qualquer. Bye!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).