quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Mar Adentro

É raro um filme conseguir causar um impacto tão grande no espetador como este. Tanto que até deitei uma lágrima perto do seu final. «Mar adentro», de Alejandro Amenábar, de 2004 e vencedor de um Oscar, aborda um tema polémico, a eutanásia, através da história verídica de Ramon Sanpedro, um tetraplégico que apenas quer morrer dignamente, infelizmente contra a vontade das autoridades. Ramon começa então uma luta pelo seu direito, numa jornada que mudou a forma de se abordar este tema. Além de se falar na eutanásia, como eu já referi, «Mar adentro» não dá apenas a perspetiva de Ramon, dando também a dos seus familiares que não querem que ele morra. Achei um filme muito interessante e que me fez refletir muito sobre o assunto. Na minha opinião eu sou a favor da eutanásia, mas acho que a pessoa deve pensar mesmo se quer fazer isso. Acho que, embora todos os problemas que se tenha tido e todo o sofrimento por que se passou, não é por isso que devemos considerar a hipótese do suicídio. Mas isso tem a ver com a pessoa ,  ela é que sabe o que quer da sua vida. Isto é apenas a minha opinião. Mas este é um grande filme que recomendo.

Nota: ****1/2

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).