É interessante ver como ainda hoje, passados uns meses depois da peça, sou abordado na rua por pessoas do Rainha que, ao aproximarem-se de mim, cantam a canção do «Rapaz». Foi o que me aconteceu ontem à noite, enquanto andava na praça de Londres.

Comentários