sábado, 10 de setembro de 2011

Apocalypse now, ou retrato da estupidez humana - Parte II

Hoje, descobriu-se que as paredes do prédio estão graffitadas.
Deve ter sido ontem aqueles tipos de que da janela do apartamento onde estou ouvia-se a música chunga.
E eu na altura até fui à janela ver o que se passava.
Só via dois chunginhas num carro.
Mas parece que, afinal, durante a noite, alguém andou a pintar as paredes com tretas.
Só podem ter sido eles.
Mais um retrato de como os adolescentes podem ser estúpidos, e aqui se vê o tal problema que foi verificado com os tumultos em Londres: é o prazer em que aqueles idiotas têm em destruir. Por nada. Só por destruir.
Cambada de energúmenos.

1 comentário:

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).