Neste fim-de-semana pude ler «Cândido», de Voltaire, uma obra satírica que critica a teoria do filósofo Leibniz de que «tudo corre às mil maravilhas». Aqui, acompanhamos Cândido na sua demanda por várias partes do mundo, onde vai conhecendo inúmeras pessoas e lugares. Este é um livro que critica uma época e que quando foi publicado foi alvo de grande polémica. Eu gostei do livro, e aconselho que o leiam porque é pequenino e lê-se muito bem e rapidamente.
Nota: ****

Comentários