quinta-feira, 30 de junho de 2011

Very funny

No princípio desta semana deu-se uma grande mudança na minha vida.

Vieram cá os técnicos da Vodafone, e instalaram a internet (que só consegui configurar agora no meu computador) e a televisão por cabo na minha casinha.

Para mim, o que mudou mesmo foi a chegada da televisão por cabo, e da sua ferramenta tentadora: o gravador digital.

Tenho gravado filmes que passam tardíssimo para ver quando quiser, e mais importante que tudo: com a entrada da Box, agora pude matar saudades de Jon Stewart (ver última edição da rubrica "pessoas não irritantes") e do seu «Daily Show», o programa que sigo todos os dias (quando não o posso ver, lá está, gravo-o) e que considero um dos melhores na área do humor. O próprio apresentador é um ídolo para mim, um verdadeiro monstro do entretenimento. Além de ter uma escrita muito divertida, é um apresentador hilariante que sabe do que faz.

E também tenho acompanhado regularmente «The Colbert Report», o spin-off do «Daily Show», apresentado por Stephen Colbert. Ele é também muito divertido. Não vale a pena comparar os dois. São ambos geniais em diferentes vias.

Vale a pena ver um destes programas. Podem ter muito a ver com os EUA, mas nós conseguimos entender as piadas se as contextualizarmos. E há umas que são muito boas!

Do best.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).