segunda-feira, 20 de junho de 2011

Não posso acreditar.

Abro hoje o mail e dou de caras com este artigo da Blitz, que falava do falecimento, no passado dia 18, de Clarence Clemons, o saxofonista da E Street Band, de Bruce Springsteen. Para mim, ele e o Steve Van Zandt são os tipos mais valiosos daquela banda.

Agora, perde-se um saxofonista com um enorme talento para esse instrumento.

Como escrevi no facebook, Paz à alma de um dos maiores saxofonistas de todos os tempos, que nos presenteou com diversos solos espectaculares em diversos êxitos de Bruce Springsteen.

Basta procurarem pelos inúmeros posts que dediquei a músicas do Bruce Springsteen, e ouçam, pois há umas em que o saxofone assume um importantíssimo papel, como em «Born to run» ou «Thunder Road».

R.I.P

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).