1920-2011

Mais uma daquelas pessoas indispensáveis ao nosso país deixou hoje o nosso mundo.

Nunca tive oportunidade de conhecer Artur Agostinho, o que foi uma pena, dada a importância que tem na rádio, na televisão e no jornalismo. Uma personalidade que tinha uma mente muito mais nova de idade do que o corpo, como ouvi hoje num telejornal

Hoje vi várias das reportagens que as televisões emitiram em homenagem a este grande senhor. Uma delas era um excerto de uma entrevista de Manuel Luís Goucha, em que lhe dizia que estava descontente com a falta de comunicação que se vê nos nossos dias. Pedia para as pessoas comunicarem mais umas com as outras (uma coisa que eu admito que por vezes faço). Artur Agostinho, um dos maiores comunicadores que este país já viu, deixou-nos uma sugestão para podermos melhorar o nosso mundo.

Até sempre!

Comentários