terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Oh no! HE IS REAL!

Ele tornou-se uma realidade.

Ele já começou a dominar as escolas.

A Blitz, o Expresso, até a própria RTP, já o adoptou...

Só até ao final deste ano é que permitem que escrevamos à maneira antiga... senão depois, já devem ser erros ortográficos... Gaita, e eu que pensava que era bom a ortografia...

Para o ano, os livros escolares que tiverem a antiga forma, serão «destruídos»... e depois ainda se queixam «ai a crise»...

Estou a falar, senhoras e senhores, do terrível, do abominável, do horrível ACORDO ORTOGRÁFICO!

TAN TAN TAN!

(música de terror)

Brevemente, num cinema perto de si.

PS - lembrei-me hoje de voltar a falar dele por causa de uma pequena conversa na aula de literatura portuguesa sobre o acordo... o terror linguístico voltou a apoderar-se de mim.

Há ainda aquela petição, que eu e mais não-sei-quantos (ai, desculpem, devia ter escrito sem os hífenes, se fosse com o acordo) milhares de pessoas...

Será que ainda pode ser uma arma contra o acordo?

Sei lá!

Não me façam perguntas demasiado elaboradas, que me dão dores de cabeça.

Ora adeusinho!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).