Uma pequena memória...

Lembrei-me agora que quando era pequenino, gostava de ser mágico quando crescesse.

Até depois deram-me uma caixa daquelas da «Magia Borras» com truques!

Estava pronto para ser o Harry Houdini...

E alguém dizia: «Queres ser o Harry Potter?»

E eu pensava: «Naa, o Harry Potter não tem style e não anda em digressão com os truques. aquilo é só efeitos especiais, nos filmes dele...»

Infelizmente, nem com as fichas do Luís de Matos que saíam com o JN, com truques simplíssimos, corriam-me sempre mal...

Aí, parte da minha alma foi destruída.

Aí, tive a ideia de trabalhar na área da escrita, que perdura até hoje...

Vamos a ver até quando esta ideia vai...

Comentários