Ai os meus olhinhos!

Estou sem óculos.

A razão:

Outro dia estava a passear, com os óculos postos num bolso que estupidamente não tem fecho (tem uma entrada para um botão, mas esse botão é inexistente!). Mais tarde, atravessei a passadeira a correr, para apanhar o sinal verde (que aquela passadeira é matreira).

Algum tempo depois, já a andar mais calmamente, para aí a uns 50 metros de distância da passadeira, tacteio os bolsos a ver se está tudo. O bolso onde supostamente estariam os óculos está vazio.

Procuro pelos lados próximos, até que tenho um flash de que poderiam ter caído ao atravessar a passadeira.

Chego lá e estão os óculos. Ou o que restava deles. Sem uma lente, com as hastes viradas para os lados, e algo esmagado.

E isto já foi sexta-feira passada!

A ver se amanhã passo pelo oculista para ver se isto tem arranjo. Já vou lá tantas vezes para me apertarem as hastes, espero que agora também façam um bom serviço.

E também já ia mudar de lentes. As outras estão todas riscadas...

Ai ai ai... a ver se eu atino de vez!

Cabecinha de alho chocho, a minha!

Comentários