sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Rui Responde n.º 13

Aqui está o RR (não confundir com uma certa rádio), que deveria ser de anteontem, dia 22 de Setembro. Já sabem, são as razões do costume.

E aqui vão mais 3 respostas a 3 perguntas da Inês e da Sara, e esta fornada de 27 perguntas que elas me mandaram irá acabar para a semana, mas depois ainda dá para fazer mais um RR, porque o André (aquele da tal banda) e a Bárbara me mandaram também as suas questões.

Mas já sabem. Caixa de comentários, ruialvesdesousa@hotmail.com ou o meu telefone (se o tiverem, se não tiverem bem podem tentar mandar para um número ao calhas, a ver se dá), para mandarem as vossas, tá?

Quero ver isto a crescer, pessoal! E para isso preciso da ajuda dos meus (poucos) leitores para isto crescer!!!!

Vamos às perguntas.

37.ª pergunta

Tens alguma colecção, ou gostavas de ter?

Inês & Sara

Isso tenho muitas, mas não são muito grandes, comparado a outras pessoas que façam também colecções destas coisas que vou dizer: BD, postais, selos, enfim...

Mas não ando obcecado a coleccionar e a coleccionar! É só quando me aparece alguma coisa que eu digo «Ah, isto vale a pena para a minha colecção!». Não sou como os coleccionadores fanáticos, que chegam a pagar milhões por um mísero selinho, que com esse dinheiro dava para comprar uma casa na quinta da marinha, e ainda sobrava dinheiro!

É só de vez em quando...

38.ª pergunta

Qual foi a tua maior desilusão até agora?

Inês & Sara

É sempre difícil escolher uma, porque é nestas alturas que não me lembro delas. Acho que as maiores foram ou de saber como certas pessoas eram na realidade, afinal, quando eu pensava que eu era completamente diferente (não vou pronunciar nomes), e também o nosso país, por si só, é uma grande desilusão.

39.ª pergunta

Qual é o teu número da sorte e porquê? (se é que tens um)

Inês & Sara

Acho graça terem posto os parênteses... Pensavam que, sendo eu a pessoa que sou, não tenho números da sorte.

E por acaso, não tenho.

Tenho é obsessão por certos números. Vou dizer à mesma, para elas ficarem contentinhas.

Ora, os números pelos quais tenho obsessão são o 5, o 13 e o 26.

E não me peçam explicações!

E foi mais um RR!

Mandem as vossas perguntas (até vocês, Inês & Sara, podem enviar mais!), para os sítios do costume, e se fizerem o grande esforço de subir a página para cima, com o ratito, está lá tudo explicadinho.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).