quarta-feira, 28 de julho de 2010

Olé!

E agora, um momento informal do blog.

Sabem da novidade?

Acabaram com as touradas na Catalunha!!!



E esta, hem?

A tourada, lá, é como para nós o fado.

Enfim, eu não sou adepto deste tipo de, hã, entretenimento, não tanto pelo bicho, porque eu não sou nenhum defensor fanático dos animais, embora saiba que o animal sofre um bocado quando está "em palco" (ele leva com aquelas coisas enormes, que magoam. É como levar umas facadas nas costas. Sabe tão bem!). É mais pela tourada em si. Qual é a graça de andar a fugir de um touro, com um lenço para o «fintar», e umas facalhonas enormes para espetar nele(perdoem a minha falta de cultura tauromáquica)?

É claro que respeito os adeptos. Mas gostos são gostos, e como estamos num país livre, a não ser que, sem querer, esteja a escrever isto na Venezuela ou no Paquistão, que é muito provável (a vida dá tantas voltas!)

É parvo. E em Espanha, então, eles divertem-se a soltar os touros para depois acabarem todos feridos, ou mortos. Enfim, que diversão, não é (tom sarcástico)?

Fico feliz por se tomar esta decisão. Enfim, é menos uma parvoíce no nosso mundo. Seria melhor se alguém se lembrasse em queimar a Stephenie Meyer, como na Inquisição. Acho que faziam um bem ainda melhor, porque era um favor ao mundo inteiro. Excepto os fãs (maioritariamente do sexo feminino), que iam ter ataques histéricos de pânico, e talvez se suicidassem, ou entrassem em depressão.

É claro que isto vai dar (já começou, aliás) a dar muita polémica. Será que também vai haver, como eu previ se a Stephaniezinha batesse as botas, ataques histéricos de pânico, suicídios e depressão?

Só o tempo o dirá, minhas amigas e meus amigos. Só o tempo o dirá

5 comentários:

  1. Estas touradas não dizem muito a catalunha, sao mais comuns nas outras regioes de Espanha, como em Navarra que e onde se situa pampelona, aliás a catalunha acabou com as touradas em grito de revolta e protesto para a independencia, ou seja isto e uma decisao para ficarem mais "longe" do resto de Espanha e assim proclamarem a independecia

    ResponderEliminar
  2. Pois, eu disse que não tinha grande cultura tauromáquica... mas também obrigado... é bom aprender. Aprendemos todos os dias :D

    ResponderEliminar
  3. Embora goste de touradas, a verdade é que também aprendi! Quanto a Stephenie Meyer... confesso a minha ignorância?!
    Gosto francamente do Teu estilo de escrita e da forma "leve e bem-humorada" com que abordas os assuntos. Ah! E a frase do Woody Allen, de quem sou fã, magnífica como é habitual! Obrigada

    ResponderEliminar
  4. Obrigado, Tia.

    Em relação à Stephenie Meyer, foi ela que começou esta nova moda dos vampiros.

    ResponderEliminar

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).