segunda-feira, 10 de maio de 2010

O segundo episódio do «Programa do Mal-dizer»

Peço imensa desculpa às (poucas) pessoas que se preocupam em vir ler o blog, mas como tenho andado ocupado com coisas que denomino «mais importantes» não tenho tido muito tempo para vir cá escrever. Mas nos próximos dias, virão mais uns posts. No final da semana, talvez.

E aqui está o «Programa do Mal-Dizer», na sua segunda edição, relativamente mais curta (menos dois minutos que o primeiro episódio), mas continua a ter a mesma dose de parvóíce.

Um indivíduo, de nome «Hacker das Caraíbas», disse que o servidor onde ponho os episódios traz vírus. Ora, no meu PC nada ocorreu. Portanto, acho é que se deve ter um pouco mais de cuidado com as janelas de pop-up.


Mas pronto, cá está o episódio para download

Mas se tiverem receio de apanharem algum vírus, não ouçam o episódio. Acho que ficam mais felizes e a vossa vida vos corre melhor se não se dignarem a ouvirem esta gravação mal-feita em áudio.


PS - Para aquelas pessoas que irão dizer «Oh, mas este patife não tinha dito que estava sem o computador porque os Pais dele levaram para Coimbra?», e eu respondo «sim senhor. Isso é verdade. Mas eu estou na internet na Câmara Municipal de Lisboa e vim de propósito aqui só para pôr o episódio no blog...»
Caros ouvintes que se queixavam do relógio que se ouvia de fundo, podem estar descansados que agora ele já não se ouve neste episódio. Poderia dizer que fiz essa proeza utilizando grandes técnicas de masterização de áudio, mas a única coisa que fiz foi tirar o relógio do meu quarto. Só isso. Portanto, já não se podem queixar disso, 'tá bom? Vá, vão à vossa vidinha...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).