sexta-feira, 9 de abril de 2010

Cartões de Agradecimento...

Quem é que, dos leitores do meu blog, já viu alguma vez o «Late night with Jimmy Fallon», um talk show da NBC que por cá passa na SIC Radical?

Ninguém?

OK.

Nesse programa, existe uma rubrica que são os cartões de agradecimento, onde o Jimmy escreve cartões para certas pessoas, ou coisas.

E eu vou fazer a minha versão dessa rubrica.

Escrevi alguns cartões de agradecimento. Cá estão eles.


Obrigado, Madoff,
Porque me ajudaste a perceber que, mesmo eu te achando parecido com o Tio Patinhas, não tens nada a haver com ele. Só têm em comum as patilhas, mesmo.

Obrigado, Lili Caneças,
Porque me ensinaste que estar vivo é o contrário de estar morto. Ensinamento esse que me deu muito jeito, acredita.

Obrigado, Leitores do meu blog,
Porque me ajudam a tentar aguentar as maluqueiras que aqui escrevo (falo para os sobreviventes que ainda se dão ao trabalho de vir aqui).

Obrigado, jingle do Pingo Doce,
Porque contigo me apercebi que não é só a música satânica que me dá dores de cabeça.

Obrigado, corrupção,
Se não fosse graças a ti, o nosso país tinha saído do mapa.

Obrigado, Transportes públicos,
Porque me deram a conhecer novos tipos de odores, certas fragrâncias dignas para as experiências diabólicas de um cientista louco genocida.

E foram os primeiros cartões de agradecimento.

7 comentários:

  1. obrigado, rui:
    graças a ti eu... hum..n sei..espera... esquece!!LOL!! tenx sempre o k escrever!né? Tá bacano e tenx razão acerca dos tranxportes publicos...LOL!

    ResponderEliminar
  2. Achei por bem corerigir o facto do programa de Jimmy Fallon não passar na ABC, mas sim na NBC.

    ResponderEliminar
  3. Eu adorooo o Jimmy Fallon:D

    Tá giro o post! :)

    ResponderEliminar
  4. A do Pingo Doce está linda lol.

    ResponderEliminar
  5. "Obrigado, corrupção,
    Se não fosse graças a ti, o nosso país tinha saído do mapa."

    OMG Rui, adorei XD

    ResponderEliminar
  6. Adorei o do Pingo Doce ahah
    DEVIAS fazer mais cartões de agradecimento!

    ResponderEliminar

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).