Rui Responde n.º4

E eis que finalmente, esta rubrica ressuscitou. Esta rubrica consiste em eu responder a perguntas vossas, que me podem enviar para a caixa de comentários do blog ou para ruialvesdesousa@hotmail.com, com mais 3 perguntas.


Pergunta n.º 10

O que farias se fosses invisível?

Sara

Olha, Sara, eu se calhar até já sou uma pessoa invisível. Aliás, muitos de nós são "pessoas invisíveis", como dizia o Will Eisner, um escritor. Eu sou daquelas pessoas que quer passar despercebida de toda a gente, que gosta de estar sozinha, ter o seu espaçozito, etc. Sou uma pessoa invisível porque me quero muitas vezes pôr à parte de toda a gente. Portanto, se calhar, se eu fosse invisível era a mesma coisa como visível.



Pergunta n.º 11

Qual o filme que falta fazer para revolucionar o Cinema?

João Centeno

Eu acho que não há um só filme que falta fazer para se revolucionar o cinema. Acho que há falta de uma grande variedade de filmes.
Filmes que fazem falta são filmes portugueses bons.
Esses sim é que fazem falta.

Pergunta n.º 12

O que achas da 'd.p.c.' (depressão pós-concerto)?

Inês Rebelo

Eu acho que não posso dizer grandes coisas sobre este assunto, porque é muito raro eu ir a concertos, mas de todas as vezes que fui a um concerto não sofri nenhuma depressão. Já sofri foi depressão pré-concerto, quando por vezes sou obrigado a ir ver concertos de pessoas que eu não gosto, do tipo electrónica, gótico, etc. Depois desses concertos, eu sofro é de alegria pós-concerto. Mesmo.

E foi mais uma edição do Rui Responde!

Comentários

  1. Lol ok, boa resposta, visto que a pergunta é um bocadinho para o ridículo..
    Mas, OH RUI, obrigada por teres respondido à minha pergunta como Nº 12!!!! :D A sério. ahah

    ResponderEliminar
  2. Como a tua pergunta foi a última que recebi, é a 12.

    Mas acho que também te respondi a outra pergunta que era um número com um só algarismo :D

    ResponderEliminar
  3. Mas eu gosto é do 12 ahah :D

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).