3 bons filmes, para verem um dia quando não tiverem assim nada de importante para fazer...

Deixo-vos aqui 3 pequenas críticas minhas a 3 grandes filmes que vi e gostei e recomendo a toda a gente.

Porque este blog não é só macacadas, hem?! Também há espaço para a cultura!

-Kramer contra Kramer
Um espectacular filme, muito bom, mesmo. Desde a interpretação dos actores, à magnífica história. Este filme conta a história de Ted Kramer um homem para quem a profissão está à frente da família. Um dia, Joanna, a sua mulher, não podendo aguentar mais essa situação, decide deixá-lo.
Agora, Ted, vai ter de enfrentar sozinho não só as tarefas domésticas, como a educação do seu filho Billy.
Quando Ted está a começar a aprender a ajustar-se às suas novas responsabilidades, Joanna reaparece, querendo o filho de volta.
Todavia, Ted recusa-se a entregar o filho à mãe e os dois vão para tribunal lutando pela custódia do filho.
Este filme foi vencedor em 1979, de cinco Óscares da Academia,incluindo o de melhor filme, melhor actor(Dustin Hoffmann), melhor actriz secundária (Meryl Streep), melhor realização (Robert Benton) e melhor argumento adaptado(Robert Benton).
Vale a pena ver, pois há poucos filmes como este, acreditem!



-I am Sam
Este filme conta a história de Sam, brilhantemente interpretado por Sean Penn, um homem que é deficiente mental. Um dia, quando a sua filha dá a luz, a progenitora decide abandoná-lo, e Sam tem de cuidar da sua filha sozinho, e dá-lhe o nome de Lucy, por causa da música dos Beatles.
Mas quando Lucy completa sete anos e ultrapassa intelectualmente o pai, a sua relação é ameaçada quando a situação deles chega ao conhecimento de uma assistente social, que quer que Lucy seja entregue para adopção.
Confrontado com este problema, Sam trava então uma luta na justiça, para conseguir a custódia da sua filha. A ajuda encontra-a numa conceituada advogada que vai fazer tudo por tudo para ajudar este homem, que só deseja ser feliz.
É de realçar, mais uma vez, a interpretação de Sean Penn, que, quando eu vi o filme, até me fez pena, porque ele interpreta a personagem de uma forma tão real!



-Mystic River
Jimmy, Dave e Sean, são três amigos que passaram juntos a sua adolescência, num bairro operário de Boston e que se afastaram por uma terrível tragédia. Anos mais tarde, reencontram-se após a morte da filha de Jimmy. Dave está entre os suspeitos. E Sean, agora um polícia, tenta desvendar o crime antes que Jimmy decida fazer justiça pelas suas próprias mãos.
Este filme, que conta com Sean Penn (desta vez no papel de um homem «mau», Jimmy) e Tim Robbins (que faz muito bem o papel de uma pessoa com traumas), é realizado por Clint Eastwood, um realizador de Ouro, na minha opinião, e que, talvez, se vocês um dia virem este filme, ele não vai ter o final que vocês pensavam que iria ter.

Comentários