Um bom filme para verem um dia...

Gran Torino, de Clint Eastwood

Sinopse: O trabalhador da indústria automobilística Walt Kowalski ocupa seus dias com consertos domésticos, cerveja e visitas mensais ao barbeiro. Embora o último desejo da esposa falecida fosse que ele se confessasse, para Walt – um veterano de guerra amargurado que mantém seu rifle M-1 sempre a postos – não há o que confessar. E não há ninguém em quem ele confie o suficiente para fazer confissões, além de Daisy, sua cadela de estimação.
As pessoas que antes chamava de vizinhos mudaram-se ou faleceram, substituídas pelos imigrantes hmong, do sudeste asiático, que ele despreza. Ressentido de praticamente tudo que vê – os beirais pendentes, os gramados por aparar e os rostos estrangeiros à sua volta; as gangues inconsequentes de adolescentes hmong, latinos e afro-americanos que se consideram os donos do bairro; os estranhos distantes que seus filhos se tornaram – Walt está apenas esperando passar o tempo de vida que lhe resta.
Até a noite em que alguém tenta roubar seu Ford Gran Torino, ano 1972.
Ainda brilhando como no dia em que o próprio Walt ajudou a tirá-lo da linha de montagem há décadas, o Gran Torino traz o tímido vizinho adolescente Thao (BEE VANG) à vida de Walt quando os membros da gangue hmong pressionam o garoto a tentar roubá-lo.Mas Walt impede o roubo e a gangue, tornando-se contra sua vontade um herói para a vizinhança, principalmente para a mãe e a irmã mais velha de Thao, Sue (AHNEY HER), que insiste para que Thao trabalhe para Walt como forma de reparação. Embora inicialmente ele não queira saber dessas pessoas, Walt acaba cedendo e coloca o rapaz para trabalhar fazendo consertos na vizinhança, dando início a uma amizade improvável que mudará a vida de ambos.
Convivendo com a simpatia incansável de Thao e sua família, Walt acaba compreendendo algumas verdades sobre os vizinhos. E sobre si mesmo. Essas pessoas – refugiados provincianos de um passado cruel – têm mais em comum com Walt do que sua própria família e revelam a ele aspectos de sua alma que haviam ficado encobertos desde a guerra, tal como o Gran Torino, imobilizado na escuridão de sua garagem.

(fonte: http://www.maxfilmesonline.com/)

Na minha opinião, este filme é muito bom. A história, ao princípio, pode ser um pouco perturbadora para certas pessoas, mas ao longo do filme vão habituando-se.
Clint Eastwood tem o principal papel, neste drama que fala na amizade.
Aconselho. É um filme um pouco pesado, mas vale a pena.
Deixo aqui a música da banda sonora. Muito boa, também.
(retiraram a incorporação do youtube, portanto mando o link)

Comentários