quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Futuro...

Epá, sinceramente!

Agora falando a sério, acho que não tenho futuro!

Sem reforma quando for velho (provavelmente), aquecimenteo global (sei lá se vamos morrer todos ou não), terroristas em Portugal (estão a vir gajos da Al Qaeda para Portugal, parece), crises, corrupção, desemprego, guerras, catástrofes naturais... e tantas coisas mais!

Caramba! Que vai ser de nós, a suposta geração de amanhã?

(Agora, depois deste momento sério, venho só aqui dizer, que quero pedir desculpa. É que, em vez de escrever parvoíces no blog, escrevi coisas interessantes! Acho que deve ter sido de hoje de manhã, quando bebi um copo de leite estragado. Acho que fez-me mal à cabeça. Tenho de ir bater com a cabeça na parede a ver se isto passa. AI! ISTO DÓI!)

1 comentário:

  1. Não, o mundo vai acabar antes disso, não te esqueças...

    ResponderEliminar

Se chegaram até aqui e tiverem alguma mensagem, crítica, ou opinação a fazer em relação ao que acabaram de ler, façam o favor de o escrever aqui. A gerência agradece e responde (se não forem nenhum príncipe da Malásia que tem 10 milhões de dólares para me oferecer, claro).