Mensagens

O regresso de À Beira do Abismo!

Imagem
Em 2018 tive a oportunidade de conhecer o grande tenor Nelson Ebo por causa do Conversas ao Sul, programa da RTP África para o qual trabalhei de Abril a Dezembro últimos. Como só foi utilizado um excerto da entrevista no programa, decidi revelá-la na íntegra para o regresso do meu podcast À Beira do Abismo, que nesta nova temporada (a terceira) traz algumas novidades: novo genérico, nada de inspector Sax, e uma periodicidade semanal em vez de quinzenal. São 24 minutos de boas histórias contadas por uma voz inigualável.
O episódio (e os 31 que o antecederam) já está disponível em: iTunes Spotify Mixcloud YouTube Castbox
Daqui para a frente, poderão acompanhar todas as novidades deste podcast na página de Facebook. Aproveitei só para falar disto no blog para aproveitar o facto de ter tido algumas pessoas que vieram cá parar desde que escrevi um textinho há dois dias.
Até à próxima!

Antes e Depois da Bomba

Imagem
Em 2019 seria impensável que uma estação de televisão generalista tomasse a decisão de programar, a um domingo e em pleno horário nobre, um telefilme perturbador sobre as consequências de um hipotético holocausto nuclear em solo nacional.
Mas foi o que aconteceu às nove e meia da noite de 23 de Setembro de 1984, quando Threads passou pela primeira vez na BBC Two. A assombrosa ficção levou a que se gerasse um intenso debate, e o público britânico não conseguiu dormir sobre o assunto. E mais impressionante ainda é terem passado 35 anos e o filme continuar com o mesmo impacto devastador. Felizmente que não o vi à noite, porque era provável que também me levasse o sono.
Um ano antes estreara The Day After, um telefilme semelhante mas feito nos EUA, e mais recordado no nosso país do que a "versão britânica". Teve algum impacto considerável, mas Threads, com menos meios, conseguiu ultrapassar melhor o teste do tempo. E se em muitas coisas é completamente low-budget, todas as sol…

Escolhe Tu! - um novo podcast

Imagem
Hoje é Dia do Cinema, e por isso pareceu-me uma efeméride bem apropriada para divulgar o meu novo projeto podcástico, feito a meias com o amigo Tiago Laranjo!

Escolhe Tu! é um programa em que dois amigos escolhem filmes, dos excelentes aos guilty pleasures, para proporcionar bons momentos de conversa descontraída, nada geek e sem filtro - o que gera ocasional parvoíce!

A partir da próxima segunda poderão acompanhar esta aventura em várias plataformas, numa produção da Rádio Autónoma.

Mais novidades nos próximos dias (sigam as nossas redes para ficarem a par)!

P.S. - Sim, é apenas com estes anúncios que o blog lá vai ressuscitando ocasionalmente - a quantidade de rascunhos aumenta a cada dia que passa, mas não há maneira de dedicar mais tempo a este espaço por agora... 

Take Me To The River (The Night of The Hunter)

Há muito tempo que eu queria fazer um videoclip para a versão da "Take Me To The River" pelos Talking Heads (o original é de Al Green) utilizando imagens de Night Of The Hunter, obra-prima do cinema que tem num certo rio uma das suas "personagens". Finalmente, e depois de muitas horas intensas a seleccionar planos e a montar o conjunto, eis o produto final. Estou muito feliz com o resultado, e espero que gostem!

Take Me To The River (The Night Of The Hunter) from Rui Alves de Sousa on Vimeo.

A sátira fica-vos tão bem

Imagem
Little Murders é a primeira de duas longas-metragens até hoje assinadas por Alan Arkin, célebre e prolífero actor norte-americano (porque não falamos mais dele neste nosso país à beira mar plantado?), escrita por Jules Feiffer a partir da sua peça homónima. Este talvez seja um dos filmes mais provocadores dos gloriosos anos 70 do cinema dos states, e que, com quase cinquenta anos de idade, ainda tem tanto para nos dizer. Elliot Gould, ator que estava a viver a sua "época d'oiro", é o protagonista de uma narrativa pontuada pelos medos e angústias da sociedade nova-iorquina, que vão desde os confrontos raciais à demais violência urbana, passando por apagões de eletricidade, o uso das armas e o exercício da paranóia coletiva (tão inerente ao cinema da época - é dela que extraímos alguns dos melhores filmes com esse tipo de "ambiente" - lembram-se de The Parallax View ou Three Days of The Condor?).  Esta comédia muito, muito negra (ou, em português para os mais inc…

Eu no Betamax

Imagem
E pronto, minhas senhoras e meus senhores! É desta que a Companhia regressa à séria! Ou será que não? Bem, já prometi tantas vezes ao grilo falante bloguista que vive dentro de mim que iria voltar a este estaminé com mais regularidade - veremos o que acontece! Mas os múltiplos artigos em rascunho já estão a pedir atenção há já algum tempo... 
Entretanto, tive a oportunidade de ir ao Betamax, o podcast sobre pérolas obscuras do cinema apresentado pelo António Araújo e pelo Tiago Laranjo - que foi convidado do meu À Beira do Abismo (vão ouvir tudo clicando na imagem que está aqui em baixo, à esquerda!) -, onde estivemos quase 2 horas e meia a falar sobre Repo Man e The Adventures of Buckaroo Banzai Across the 8th Dimension. O episódio, o oitavo da série, foi sugestivamente intitulado "À Espera da Nave-Mãe". Podem ouvir neste link, ou então no iTunes.
Nunca pensei que houvesse tanta coisa a dizer sobre estes filmes, mas aqui fica a prova gravada! Depois, é ir fazer like à pági…

Eu no blog Books on Cinema

Imagem
O Duarte Mata convidou-me para escrever no blog dele, onde vai partilhando livros essenciais que qualquer cinéfilo que se preze deve conhecer. Eu escolhi a autobiografia de um dos meus heróis, um livro que não é bem um guia técnico sobre os seus filmes, mas um conjunto de histórias mais ou menos caricatas do seu percurso e da sua carreira. O textinho, como é meu apanágio, saiu assim meio desajeitado (e sendo em inglês, fez-me lembrar aquela experiência falhada que foi o blog escrito nessa língua que criei há uns anos), mas só espero que vos dê vontade de ir ler o livrinho. É ir ler o artigo AQUI.